Ligue-nos (11) 9.7502-2320

Dicas sobre Preparação da Superfície para aplicação de piso epoxi

A preparação da superfície para qualquer tipo de revestimento é de extrema importância para se obter um resultado de qualidade e um acabamento ideal. Não se pode levar em consideração apenas a beleza, pois a adesão do piso é um dos fatores primordiais para que o mesmo não venha a se soltar com o tempo e trazer grandes transtornos.

Nos tópicos abaixo, mencionaremos alguns métodos realizados em superfície de concreto, observando os principais processos utilizados, onde a perfeita aderência da resina acontece quando conseguimos boas características, ou seja, pisos sem gorduras, óleos, poeiras, desplacamentos superficiais, umidade e revestimentos anteriores, pois esses tipos de pisos, devem ser previamente tratados antes de se aplicar um novo revestimento. Atualmente os métodos mais utilizados para a preparação de superfícies são: Lavagem, Lixamento, Jateamento e Fresamento.


Lavagem:

O método de lavagem, é o mais viável quando a sujeira, a gordura e os resíduos são superficiais, porém, dependendo do tipo de resina que será aplicada no local, pode ser necessário o tempo de secagem, ou seja, deixar o piso extremamente seco, pois pisos com umidade podem danificar determinadas resinas.

Normalmente é utilizado detergente neutro ou soluções com 3 litros de água para 1 litro ácido muriático, utilizando os equipamentos adequados para segurança a solução deve ser espalhada sobre a superfície do piso, que deve ser esfregado com vassoura ou escova, dependendo das condições do concreto pode ser visível a decapagem do mesmo, após o esfregar o piso é necessário enxaguar o mesmo, onde recomenda-se a utilização de amônia para neutralizar o ácido e não agredir o meio ambiente.

Lixamento:
O processo de lixamento é feito com lixadeiras industriais de pisos, que podem ser compradas ou alugadas facilmente no mercado e requer certas habilidades para operará-las. Este método é excelente, pois não gera umidade e nem danifica a superfície do piso, porém, em determinados casos não é suficiente para eliminar gorduras e óleos infiltrados no substrato, sendo necessária a utilização de uma fresadora, outro incoveniente neste processo é que, para superfícies com muitas irregularidades a lixadeira nem sempre alcança as cavidades mais profundas.

Jateamento:
O jateamento de pisos é cada vez mais utilizado em preparação de superfícies, funciona impulsionando partículas abrasivas em alta velocidade sob o piso eliminando os resíduos existentes na superfície. Estes equipamentos podem ser comprados, alugados ou então pode ser feita a contratação de empresas especializadas em preparação de superfícies. O jateamento é sem dúvida o método mais eficiente neste tipo de preparação, pois além de fazer a limpeza, deixa a superfície com a porosidade necessária para a ancoragem da resina.

Fresamento:
A fresagem de pisos, também é muito utilizada, pois remove qualquer tipo de revestimento superfícial. Fresadoras de pisos estão disponíveis para venda e aluguel, porém o manuseio requer certa experiência do operador, pode ser considerado um método muito agressivo para determinados casos, conforme sua regulagem podem remover grandes espessuras do concreto. Em pisos com muitas imperfeições é utilizado o fresamento para regularização da superfície, um incoveniente neste processo é o excesso de ruído e o pó gerados, mas é um método extremante eficaz.

back to top